Piauí tem 47,7% de crescimento nos registros de dengue

Piauí tem 47,7% de crescimento nos registros de dengue

Os dados os dados fazem parte da parcial divulgada ontem pela Coordenação Estadual de Vigilância Epidemiológica

Mesmo a capital do Piauí liderando o ranking dos municípios com maior registro de casos de dengue, a situação das cidades interioranas não é diferente. Piripiri ao Norte do Estado fica em segundo lugar, com um registro de 496 casos. Os dados os dados fazem parte da parcial divulgada ontem pela Coordenação Estadual de Vigilância Epidemiológica. O Piauí registrou um montante de 1.984 notificações de casos da doença. Esse número está distribuído em vários municípios do Estado. A capital está com 732 casos confirmados.

O número de registros é 47,7% maior que o que foi apontado no mesmo período do ano passado. Em abril de 2010, foram notificados 1.343 casos. Depois de Teresina e Piripiri, Matias Olímpio, com 169 casos, se destaca com mais registros da doença. O município é seguido por Luís Correia, que tem 57 notificações e é onde foi registrado primeiro caso de Febre Hemorrágica de Dengue (FHD). O Estado também já conta com um caso de morte confirmado, provocado pela doença. A morte aconteceu durante o período de carnaval e deve ser notificada ao Ministério da Saúde.

Entre as medidas que serão adotadas está a realização de mutirões específicos para o combate à dengue. No início deste mês as equipes da Diretoria de Vigilância Sanitária visitaram 17 municípios piauienses, de Norte a Sul do Estado, levando apoio reforçado aos órgãos municipais da Saúde nas ações de combate à dengue no período pré-carnavalesco.

*Confira matéria completa no Jornal Meio Norte de hoje (12/3/2011)

Fonte: Thays Teixeira - Jornal Meio Norte