Piauí terá novas unidades de saúde para tratamento contra o tabagismo

Atualmente, apenas o Hospital da Universidade Federal do Piauí oferece o tratamento

Elevar para onze o n?mero de unidades de sa?de que oferecem o tratamento contra o tabagismo ainda esse ano. Esse ? o objetivo da Secretaria Estadual de Sa?de no Dia Nacional de Combate ao Fumo, comemorado nesta sexta-feira, 29. Atualmente, apenas o Hospital da Universidade Federal do Piau? oferece o tratamento pelo Sistema ?nico de Sa?de (SUS) no Estado.

Para atingir esse objetivo, a Secretaria j? capacitou profissionais dos Hospitais Areolino de Abreu, Maternidade Dona Evangelina Rosa, Hospital Get?lio Vargas e do Hospital do Mocambinho, al?m de dois Centros de Apoio Psicossocial do munic?pio de Teresina, o Capes Leste e o AD (para tratamento contra o ?lcool e drogas). No interior do Estado, foram capacitados os hospitais dos munic?pios de Parna?ba, Lu?s Correia, Cocal e Buriti dos Lopes. ?Nossa meta ? que em seis meses o tratamento esteja dispon?vel para a popula??o em todos esses pontos?, diz a coordenadora estadual de Aten??o a Sa?de do Adulto e Idoso, Norma Sueli.

Para comemorar o dia no Estado, o Hospital Areolino de Abreu e a Maternidade Dona Evangelina Rosa, prepararam programa?es especiais. Na Maternidade, foram distribu?dos materiais de divulga??o sobre os perigos do fumo, al?m de palestra com o tema: O Impacto do Fumo nas Vias Respirat?rias, ministrada pelo m?dico cardiologista Itamar Costa e apresentada pelo Comit? de Combate ao Tabagismo.

No Hospital Areolino de Abreu, funcion?rios, estagi?rios e pacientes participaram de atividades que foram desde teatro at? apresenta??o de fantoches e distribui??o de material educativo. Tudo com o objetivo de alertar para os perigos do cigarro. ?Nosso objetivo ? maior. Estamos concluindo uma pesquisa que j? demonstrou que ? significativo o n?mero de funcion?rios que fumam e mais ainda de pacientes. Por isso al?m de oferecermos tratamento para todos da comunidade, vamos fazer um programa especial com os nossos funcion?rios, para depois come?armos a trabalhar os ambientes. Nossa prioridade tamb?m ? transformar o Hospital num Ambiente Livre do Fumo?, explica M?rcia Astr?s, diretora do Hospital Areolino de Abreu.

Fonte: CCOM