Piauí ofertará pós-graduação sobre o consumo de drogas

O curso terá uma carga horária total de 425 horas, a ser realizada num período de aproximadamente um ano e meio

O Governo do Estado do Piauí, através da Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas (Cedrogras), e a Universidade Federal de Piauí (UFPI), promovem o primeiro curso de pós-gra-duação lato sensu (especialização) que tem como tema a ?Atenção integral ao consumo e aos consumidores de substâncias psicoativos no Estado do Piauí?.

A cerimônia de abertura da pós-graduação acontecerá na quinta-feira (15), às 18h30, no Cine-Teatro do campus da Ininga da UFPI. O curso é financiado pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) e executado pela Universidade Federal da Bahia, através do Centro de Estudos e Terapia do Abuso de Drogas/Cetad/FMB/UFBA, em parceria com o Governo do Estado do Piauí através da Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas (Cedrogas) e a UFPI.

A Conferência de Abertura estará a cargo do secretário Nacional de Políticas sobre Drogas, Vitore Maximiano, e Antonio Nery Filho, coordenador geral do Cetad e do Curso de Pós-Graduação da UFBA.

O curso terá uma carga horária total de 425 horas, a ser realizada num período de aproximadamente um ano e meio (18 meses), com encontros mensais a serem realizados às segundas, quintas, sextas-feiras e sábados, em horário integral, na UFPI. Foram destinadas 40 vagas a profissionais de nível superior completo, previamente selecionados e que atuam na rede pública do Estado do Piauí (municipal, estadual ou federal), de forma específica, direta ou indiretamente nas questões relacionadas ao tema da Pós- Graduação.

O curso conta com a experiência dos profissionais responsáveis pelo primeiro e segundo cursos de pós-graduação lato sensu sobre Atenção Integral ao consumo e aos consumidores de álcool e outras drogas da UFBA, realizado pelo Cetad/UFBA entre 2009 e 2013.

A equipe tem como coordenador geral o professor Antonio Nery Filho, (médico, psiquiatra e professor associado da Faculdade de Medicina da UFBA, fundador e coordenador geral do Cetad), como coordenadora técnica a professora Maria Eugenia Nuñez (psicóloga, psicanalista, mestre em Saúde Mental da UNER - Argentina), como coordenador pedagógico o professor Ciro Frederico Arão de Oliveira (psicólogo, especialista em atenção integral ao consumo e aos consumidores de álcool e outras drogas) e como coordenadora administrativa, Izabel Christina Liberal Vieira (graduada em Administração pela PUC/SP).

Fonte: Ascom