PM encontra fogos com parente de dono de loja que explodiu no ABC

Dono de oficina declarou a policiais ser cunhado de Sandro Castelani.

 Policiais militares encontraram grande quantidade de fogos de artifício estocada em uma oficina de funilaria e pintura localizada na Rua Coimbra, na Vila Pires, em Santo André, no ABC, na manhã desta quinta-feira (1º), segundo informações da Polícia Militar.

O material explosivo foi encontrado devido a uma denúncia anônima. Segundo a polícia, o dono da oficina afirmou ser cunhado de Sandro Castelani, de 40 anos, proprietário da loja de fogos de artifício que explodiu na quinta-feira (24), deixando dois mortos, 12 feridos e destruindo quatro casas. Os fogos estavam no fundo da oficina, cobertos por uma lona.

De acordo com a Polícia Militar, o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) e a polícia técnico-científica foram acionados para periciar e contabilizar o total de fogos estocado. Inicialmente, a estimativa foi de 500 kg.

O caso será encaminhado ao 3º DP de Santo André, onde corre o inquérito que investiga a explosão do acidente de quinta-feira passada. Na segunda-feira (28), ao prestar depoimento ao delegado que investiga o caso, Sandro Castelani negou que manipulasse material explosivo na loja.

Fonte: g1, www.g1.com.br