PMT investirá R$ 88 mi em faixa exclusiva, ponte da UFPI e viaduto

Prefeitura de Teresina assinou contratos para construção das obras

A Prefeitura de Teresina assinou contratos para a construção da faixa exclusiva Norte-Leste, que inclui a construção da ponte da UFPI, e para a construção do viaduto da Barão de Gurgueia, no bairro Tabuleta. Os dois contratos somam R$ 88.540.000,00 com recursos provenientes de financiamento do Programa Pacto pela Mobilidade.

“A Prefeitura de Teresina é sensível às necessidades atuais dos cidadãos e pensa a cidade para servir melhor às pessoas também no futuro. Por isso, está realizando uma série de investimentos em todas as zonas de nossa capital, a fim de tornar Teresina uma cidade cada vez melhor para se viver. Muitos desses investimentos são em mobilidade urbana, com criação de novas rotas para o tráfego de pessoas e de veículos, privilegiando o transporte público, utilizado pela maior parte da população”, ressaltou Washington Bonfim, secretário municipal de Planejamento e Coordenação.

De acordo com José João Braga, secretário executivo de Captação de Recursos e Monitoramento da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN), a construção da faixa exclusiva Norte-Leste abrange recursos da ordem de R$ 59 milhões e 540 mil.

“A faixa exclusiva para transporte coletivo Norte-Leste interligará os terminais Rui Barbosa e Buenos Aires, na zona Norte, aos terminais Piçarreira e Santa Isabel, na zona Leste, através da construção de uma ponte que ligará o bairro Água Mineral à Universidade Federal do Piauí (UFPI). Teresina ganhará mais uma ponte sobre o rio Poti, ligando as zonas Norte e Leste, facilitando o deslocamento da população e otimizando o tráfego de veículos”, observou José João Braga.

Segundo o secretário executivo, a construção do viaduto da avenida Barão de Gurgueia, no bairro Tabuleta envolve recursos no valor de R$ 29 milhões. “A Prefeitura de Teresina construirá um viaduto na Barão de Gurgueia, na altura do Balão da Tabuleta, passando por cima da BR 316. O viaduto evitará o conflito entre o tráfego local e o transporte de cargas entre Teresina e o vizinho Estado do Maranhão”, completou José João Braga.

Image title

Fonte: Com informações da Prefeitura de Teresina