Pneus com desgastes diferentes comprometem a sua segurança

Essa diferença pode provocar a total perda de controle da direção

Depende muito da diferença de desgaste entre os dois pneus montados no mesmo eixo. "Se esta diferença for grande, igual ou maior a 4 mm entre as medidas da profundidade restante do sulco da escultura, não recomendamos a montagem destes pneus no mesmo eixo porque a aderência entre os dois produtos será muito diferente e comprometerá a dirigibilidade?, alerta Flávio Santana, gerente de marketing para pneus de passeio e caminhonete da Michelin Brasil.

?No caso de uma freada de emergência, por exemplo, se os pneus tiverem um desgaste muito diferente entre eles, um lado do veículo irá parar mais rapidamente que o outro, provocando um desequilíbrio no veículo, podendo até, no limite, fazer o veículo girar", explica o especialista. Em piso molhado, a diferença de desgaste entre os pneus pode fazer o pneu mais gasto aquaplanar enquanto o outro não, provocando também a perda de controle da direção.

Fonte: Auto Esporte