Polícia investiga morte de gay atropelado três vezes por van

Polícia investiga morte de gay atropelado três vezes por van

Elivelton, de 22 anos, se envolveu em confusão após uma festa

A polícia busca pistas sobre o homem que matou um jovem em São Gonçalo, região metropolitana do Rio, após uma discussão. Segundo testemunhas, a briga envolveu um motorista de van, que teria atropelado a vítima ao menos três vezes na madrugada de segunda-feira (29). Elivelton da Silva, de 22 anos, era homossexual assumido e havia acabado de sair e uma festa. Há a suspeita de que a confusão tenha começado por conta de provocações com conotação homofóbica. O autor do crime será indiciado por homicídio qualificado.

A polícia trabalha com a hipótese de revanche, conforme explicou o delegado Jorge Veloso, da Delegacia de Alcântara (74ª DP).

? Houve uma briga e a vítima [Elivelton] agrediu o autor do homicídio. Foi então que, em uma revanche, o assassino voltou e matou.

Elivelton teve duas costelas quebradas, a coluna fraturada e sofreu perfurações no pulmão e no baço. Ele deve ser enterrado nesta sexta-feira (3).

Fonte: R7, www.r7.com