Polícia prende "Don Juan" que teria aplicado golpe em 80 mulheres

O golpista prometia emprego e fazia galanteios às vítimas, usando a internet e imagens de terceiros.

Menos de três meses depois de indiciado na Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), por aplicar golpes contra cerca de 80 mulheres utilizando a internet, um estelionatário, conhecido como ´Don Juan´, voltou a agir em Fortaleza. Ele foi preso na tarde de ontem, na Praça do Carmo, na Avenida Duque de Caixas, no Centro, depois de enganar uma vítima com falsa promessa de emprego.

br>Polícia prende

Afirmando ser gerente de uma loja de venda de celulares e se identificando como ´Marcelo´, Roberto Ferreira Marques, 24, entrou em contato com a vítima por meio de uma conhecida dela. Depois de seguidas ligações telefônicas, ele marcou um encontro na Praça do Carmo e disse que a mulher deveria levar um notebook, no qual seria instalado um sistema de informática utilizado pela empresa.

No fim da manhã de ontem, os dois se encontraram e Roberto Marques disse que ela deveria realizar um exame médico de admissão e reencontrá-lo na loja, situada em um shopping na Rua Barão do Rio Branco. A mulher entrou no consultório e deixou a mochila contendo um notebook e celular com o acusado. Quando saiu foi até a loja e descobriu o golpe. No estabelecimento comercial foi informada que não havia emprego sendo ofertado e também nenhum gerente com o nome de Marcelo. A vítima foi até a sede da DDF, na Delegacia Geral da Polícia Civil.

Na Especializada, ela reconheceu Roberto como sendo o homem que havia conduzido toda a farsa. Uma equipe da DDF, formada pelos inspetores Paulo Florentino, Carlos Dário e Fernando Nobre, realizou diligências e localizou Roberto na Praça do Carmo. Ele confessou aos policiais que estava aguardando a chegada de outra vítima.

De acordo com o titular da DDF, delegado Jaime Paula Pessoa Linhares, Roberto contou também que, depois que compareceu a delegacia, em novembro do ano passado, enganou, aproximadamente, mais 50 mulheres com o mesmo golpe. Segundo as investigações, ele utilizava perfis falsos em sites de relacionamento e enganava as vítimas com falsas promessas de emprego e fazia galanteios. Ontem, o ´Don Juan´ da internet foi autuado em flagrante pelo delegado Jaime Paula acusado do crime de estelionato.

80 mulheres foram enganadas pelo estelionatário até novembro do ano passado. O número de vítimas pode ser ainda maior, pois ele afirmou ter continuado os golpes

Fonte: Diário do Nordeste