10 policiais são presos por tortura a suspeitos de estuprar jovem

Eles são acusados de torturar quatro funcionários suspeitos de ter estuprado e matado a adolescente Tayná

Dez homens, entre integrantes das polícias Civil e Militar do Paraná, estão detidos desde a noite de quarta-feira em Colombo, município da região metropolitana de Curitiba. Eles são acusados de torturar quatro funcionários suspeitos de ter estuprado e matado a adolescente Tayná Adriane da Silva, 14 anos, em um parque de diversões na cidade, no final de junho.


10 policiais são presos por tortura a suspeitos de estuprar jovem

Depois que o laudo do Instituto de Criminalística apontou que o sêmen encontrado no corpo da menina não era de nenhum dos rapazes, os suspeitos denunciaram que confessaram o crime após tortura.

Integrantes da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Paraná e membros do Ministério Público entrevistaram os suspeitos, que reforçaram as denúncias. Depois da repercussão, os quatro presos foram liberados e os policiais foram afastados dos locais onde os suspeitos teriam sido torturados. Houve ainda mudança nos delegados que investigam o caso.

Fonte: Terra