12: SP tem a noite mais violenta desde início de onda de mortes

Baleado na Zona Leste morre e sobe para 12 número de mortos em SP.

Um dos homens que foi baleado na Rua São João Marcos, no bairro José Bonifácio, na Zona Leste de São Paulo, morreu na manhã desta sexta-feira (9). Ele foi levado para o Pronto-Socorro Planalto, mas não resistiu. A outra vítima baleada na via continuava internada. Com essa morte, o número dos homicídios registrados entre a noite desta quinta (8) e esta madrugada na capital e Grande São Paulo sobe para 12. Os casos aconteceram foram registrados nas zonas Sul e Leste da capital, em Santana de Parnaíba e em Santo André, no ABC.



Na Zona Sul de São Paulo, em Cidade Dutra, um ônibus foi incendiado na Avenida Senador Teotônio Vilela. Oito homens atearam fogo no coletivo da Viação Cidade Dutra, por volta das 22h. O cobrador não conseguiu deixar o veículo em tempo de escapar das chamas e foi levado, em estado grave, ao Pronto-Socorro do Grajaú. De acordo com a a SPTrans, ele não corre risco de morrer.

Logo depois do ataque, os ônibus da viação pararam de circular e foi acionado o Paese. Por volta das 6h30 desta sexta-feira (9), os coletivos já deixavam as garagens, segundo SPTrans.

Próximo do local onde o ônibus foi incendiado, na Rua Alfonso de Albuquerque, um homem foi baleado por dois homens que passaram em uma moto. Ele levou cerca de dez tiros e morreu na hora.

Ainda na Zona Sul, foram registrados ataques em mais quatro ruas num intervalo de 30 minutos. Duas pessoas foram baleadas e conseguiram se esconder em uma viela na Rua Manuel Vieira Sarmento, no Jardim São Luís. Elas foram socorridas e passam bem. Os criminosos fugiram.

Na Avenida Cândido José Xavier, na mesma região, um motociclista foi baleado por dois suspeitos que também estavam numa moto. A vítima não resistiu.

Na Rua Bacio de Filicaia, um homem de 27 anos saiu para fumar na frente de casa e também sofreu um ataque. Dois homens chegaram de moto e dispararam pelo menos dez vezes. A vítima foi socorrida, mas morreu no hospital. Já na Rua Paulino Vital de Moraes, um homem foi baleado e não resistiu.

Em Santana de Parnaíba, na região metropolitana, dois homens que estavam em uma praça foram assassinados durante a madrugada. Criminosos passaram atirando e atingiram três homens - dois morreram na hora. O terceiro foi socorrido. A praça fica a poucos metros da Guarda Civil, mas os atiradores conseguiram fugir.

Cinco pessoas morreram e três ficaram feridas em dois ataques em Santo André, no ABC, na noite desta quinta-feira. De acordo com a polícia, todos eram moradores de rua e usuários de drogas. A polícia suspeita que os mesmos criminosos tenham praticado os ataques devido ao curto espaço de tempo em que eles aconteceram e à coincidência do calibre. A polícia vai pedir imagens das câmeras de segurança de empresas que ficam em uma das ruas onde aconteceram os crimes.

Fonte: G1