Centro de Teresina teve 151 registros de crime em 2011, registra 1º DP

No centro de Teresina, a Companhia Cosme e Damião faz o policiamento ostensivo.

Nos sete primeiros meses do ano o 1º Distrito Policial, responsável pela área do centro de Teresina, registrou 151 ocorrências. Dessas, cerca de 90% referem-se a crimes contra o patrimônio, como roubos e furtos. Inseridos nessa estatística, encontram-se também os arrombamentos, principalmente aos prédios comerciais.

No centro de Teresina, a Companhia Cosme e Damião faz o policiamento ostensivo. 140 homens são responsáveis pela área que vai da Rua Joaquim Ribeiro, passando pela Miguel Rosa e chegando até a Avenida Maranhão. Até meia-noite 15 policiais fazem a ronda a pé.

De acordo com o subcomandante Raul Morais, duas viaturas e duas motos fazem a patrulha durante a noite inteira, concentrando-se em pontos estratégicos da cidade. São as Ruas Riachuelo, Firmino Pires, Maranhão e João Cabral. ?Ali é onde se concentra a ?cracolândia? e, onde existe maior ocorrência de arrombamentos aos armazéns?, afirma o capitão da Polícia Militar.

Os ladrões geralmente são moradores de rua e usuários de droga, que agem de acordo com a oportunidade. Conseguir manter o vício é o que motiva os arrombamentos aos prédios comerciais. Portanto, se encontram uma maneira fácil, os ladrões entram e pegam o que for possível. Segundo o capitão Raul Morais, diariamente são apreendidas drogas e produtos de furtos. ?A impunidade é o que mais contribui para a ocorrência desses crimes. Todos os dias prendemos pessoas praticando assaltos ou furtos. Mas elas voltam às ruas novamente?, afirma Morais, acrescentando que a dependência química também induz esse tipo de crime.

Fonte: Nayara Felizardo