192 foram presos desde início de ataques no Rio de Janeiro, diz PM

192 foram presos desde início de ataques no Rio de Janeiro, diz PM

De acordo com o coronel, desde domingo (21) foram registrados 96 veículos incendiados

megaoperação da polícia no Rio de Janeiro conta com 21 mil agentes, de acordo com o coronel Lima Castro, relações públicas da Polícia Militar. Em comparação, o coronel informou que o efetivo é quase o dobro do utilizado para pacificar o Timor Leste. "Participei três anos das Nações Unidas e foram necessários 12 mil homens para pacificar o país inteiro", disse o coronel Lima Castro.

De acordo com o coronel, desde domingo (21) foram registrados 96 veículos incendiados, 44 armas e 8 granadas apreendidas, além de grande quantidade de drogas e material inflamável. Além disso, a PM informou que até o momento foram 192 presos e 25 mortos em confrontos e três policiais feridos levemente.

"Nossa proposta é de paz, mas se chamarem para a guerra, estamos prontos", afirmou o coronel Lima Castro. ?Não queremos ter morador ferido, nem tropa ferida, mas os criminosos terão que sair de lá de alguma forma?, disse o relações públicas da PM, pedindo que os moradores não saiam de casa ou procurem abrigo seguro. ?Por favor, não se envolvam. Vamos progredir no terreno?.

A PM lembra ainda que quem não conseguir voltar para casa por causa do confronto deve procurar o 16º BPM (Olaria) que fará o encaminhamento dos moradores para a Vila Olímpica da Penha. ?No alojamento terá kit cama, kit alimentação, em um ambiente extremamente seguro e limpo?.

Fonte: g1, www.g1.com.br