20 assaltos foram registrados aos ônibus coletivos em 2014

Além disso, entre janeiro e outubro do ano passado foram registradas 66 assaltos

Segundo Francisco das Chagas Oliveira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário do Piauí (SINTETRO), entre os meses de janeiro e outubro do ano passado ocorreram 66 assaltos a ônibus em todo o estado do Piauí. No início deste ano, este número já chegou ao total de 20 assaltos.

Chagas afirma que desde o ano passado o SINTETRO tem trabalhado na prevenção de assaltos por meio de envio de ofício à Secretaria de Segurança para que um maior número de policiais estejam nas ruas para ajudar em situações de perigo. Ainda não houve resposta aos pedidos.

Dentre os prejuízos apresentados, além dos financeiros, há também a perda de documentos, como a carteira de motorista, o que impede o profissional de exercer sua função, chegando a ficar até quatro dias afastado do trabalho.

Ainda de acordo com o presidente do SINTETRO, não há como identificar o assaltante antes da ação, já que este, na maioria das vezes, se passa por passageiro e quando tem a oportunidade de cometer o delito age com armas e facas, inibindo a reação das pessoas presentes no transporte.

Até então não houve mortes, porém há casos de pessoas que sofreram lesões durante os assaltos. Dentre os transportes públicos piauienses com maiores indíces de assaltos estão os que fazem rota em Teresina, e em municípios próximos a capital, como Demerval Lobão, Altos e Picos.

Fonte: Nadja Uchôa