Alcalóide: 21 traficantes são condenados a 190 anos de prisão

Alcalóide: 21 traficantes são condenados a 190 anos de prisão

A soma das penas de todos os traficantes chega a 190 anos de prisão

A Operação Alcalóide desencadeada pela Delegacia de Entorpecentes para o combate ao tráfico de drogas de Teresina em parceria com Almir Adib Tajra Filho, juiz da 07° Vara Criminal, prenderam inicialmente 36 pessoas envolvidas com tráfico de drogas na Zona Norte de Teresina, mas o processo foi desmembrado e sobraram 26, que foram julgados e 21 condenados na manhã dessa quarta (09), para alívio da sociedade.

A soma das penas de todos os traficantes chega a 190 anos de prisão, a maior condenação foi para o cabeça do grupo ?Filé? que foi condenando a 36 anos de reclusão em regime fechado, e a menor foi de três anos. Adib Tajra conversou com meionorte.com sobre como foi o desencadeamento da quadrilha.

As investigações duraram um ano e meio com um trabalho com inteligência e estrutura, ?A polícia civil começou uma operação em combate as drogas na Zona Norte de Teresina e pediram uma interceptação telefônica para começar as investigações, logo, descobriu-se uma grande operação de tráfico de drogas envolvendo elementos até de fora do Piauí?, declarou Adib Tajra, segundo ele foi um processo muito complexo, pois envolvia muitas pessoas, ?O processo com mais de 99 laudas de provas concretas sobre o crime, são argumentos suficientes para que o Ministério Público deixe esses elementos na cadeia?, afirma o juiz.

Os patrimônios apreendidos junto com os traficantes ficaram a disposição de órgãos do Governo do Estado para ser investido na luta no combate ao tráfico, Adib Tajra, espera que essa operação seja também uma forma de oprimir futuros traficantes, ?Que sirva de exemplo para que outras pessoas não se envolvam com o crime?, falou Almir Adib Tajra Filho. Os presos serão levados para a Penitenciária Irmão Guido.

Fonte: Waldelúcio Barbosa