80% dos homicídios são relacionados ao tráfico de drogas, diz capitão

A Polícia Civil dar o apoio no combate às drogas, diz o delegado James Guerra

" Rivalidade entre usuários e vendedores na disputa por bocas de fumo desbaratadas, são as causas de 80% dos homicídios", disse o capitão da Rone, Fábio Abreu em entrevista ao meionorte.com nesta segunda-feira(13). O forte armamento dos bandidos, também tem sido uma das causas dos índices de homicídios no Piauí. Segundo ele, as armas vêm pelas fronteiras e BR"s. Outras causas também entram na estatística como violência doméstica e briga entre vizinhos, mas atingem um número baixo em relação aos homicídios envolvendo o tráfico de drogas.

Para o delegado James Guerra, a Polícia Civil dar o apoio no combate às drogas, desbaratando bocas de fumo e efetuando prisões, que segundo ele, nos últimos meses têm ajudado a elucidar vários crimes em Teresina e no interior do Estado. " Existem homicídios que eram cercados de mistério e quando prendemos alguns traficantes, conseguimos descobrir a relação dos crimes com o tráfico", informou James.

No tocante ao armamento dos bandidos, nas periferias o uso de armas são do tipo, caseira, artesanal e revólver calibre 38. Já nos outros centros que envolvem melhores questões financeiras e maior inteligência, surgem armas mais moderas do tipo pistola e metralhadoras. " Temos que destacar o trabalho da polícia, que tem efetuando muitas prisões e reduzindo o poder dos traficantes destruindo pontos de vendas de drogas", finalizou Guerra.



Fonte: Marcos Moraes