A colisão entre aeronaves matou nove pessoas em Nova York

A colisão entre um helicóptero e um pequeno avião sobre o rio Hudson matou nove pessoas

A colisão entre um helicóptero e um pequeno avião sobre o rio Hudson, em Nova York, nos Estados Unidos, deixou provavelmente todos os nove envolvidos mortos, entre eles cinco turistas italianos, declarou neste sábado o prefeito da cidade, Michael Bloomberg. O prefeito afirmou que dois corpos foram recuperados das águas do rio.

Bloomberg afirmou a repórteres que havia cinco turistas italianos a bordo do helicóptero, além do piloto, e três pessoas a bordo do avião, incluindo o piloto e uma criança. Dois corpos foram recuperados e não há esperanças de encontrar sobreviventes.

"Isso mudou de uma operação de resgate para uma missão de recuperação", disse o prefeito. "Não haverá um final feliz", disse.

Um helicóptero de passeio colidiu com um pequeno avião sobre o rio Hudson, perto de Manhattan, neste sábado (8), informou o vice-comissário da Polícia Nova York, Paul Brown, à rede de TV CNN.

As equipes de resgate correram ao local e mergulhadores da polícia procuram por sobreviventes entre as fuselagens. O tempo na hora do acidente nas proximidades estava claro, o que diminui as chances do acidente ter sido causado por condições ruins de visibilidade.

PUBLICIDADE

Bloomberg afirmou que a polícia encontrou um pedaço da fuselagem nas águas lamacentas e que a busca deve continuar por alguns dias.

O helicóptero era operado pela Liberty Helicopter, a maior operadora de voos de turismo no nordeste dos EUA. O avião, segundo a agência de notícias Reuters, é um Piper PA-32.

Um testemunha afirmou ao canal de TV NY1 que viu uma das asas do avião descolar da aeronave no momento do acidente. O helicóptero "imediatamente caiu como uma pedra" no rio, descreveu. Outras testemunhas relatam ter ouvido um grande estrondo.

Jim Peters, porta-voz da FAA (Agência Federal de Aviação dos EUA, na sigla em inglês) afirmou que três pessoas estavam a bordo do avião, que seguia para Ocean City, em New Jersey.

De acordo com o porta-voz, o helicóptero havia saído há poucos minutos de um heliporto de Manhattan. Segundo Peters, cinco passageiros e um tripulante estavam a bordo.

A Guarda Costeira dos EUA afirma que uma pessoa foi resgatada e os bombeiros dizem que podem haver vítimas.

Em janeiro, o rio Hudson foi cenário de um incidente quando um jato da US Airways com mais de 150 a bordo bateu no rio congelado. Todos a bordo foram retirados antes da aeronave afundar

Fonte: AE