Acidente livra empresário de um sequestro-relâmpago

Os homens assumiram o controle da direção e colocaram o empresário no porta-malas.

Uma batida de carro deu fim a um sequestro-relâmpago na noite de terça-feira (29), no subúrbio do Rio de Janeiro. Após baterem em um microônibus, os bandidos fugiram, deixando a vítima, um empresário, no porta-malas do próprio carro.

Os bandidos abordaram o empresário, dono de um salão de beleza de Nilópolis, na Baixada Fluminense, em Anchieta, no subúrbio do Rio. Os assaltantes encostaram o carro e pediram que ele parasse. Os homens assumiram o controle da direção e colocaram o empresário no porta-malas.

À TV Globo, o empresário, que já foi assaltado outra vez, relembrou os momentos de tensão. "Vendaram meus olhos com minha própria camisa, proferiram alguns socos nas costas?, disse. Ele se disse assustado com ?e o terror mais psicológico? e a ?pressão das palavras".

A vítima contou à polícia que a intenção dos criminosos era fazer saques em agências bancárias. No meio do caminho, entretanto, o carro bateu em um microônibus. Na sequência, os homens deixaram o controle do veículo e passaram a correr à pé, o que chamou a atenção do motorista e de testemunhas.

Avisada, a polícia foi verificar o que até então parecia ser apenas um acidente de trânsito. Durante a revista do carro, os policiais encontraram o empresário, vendado, no porta-malas.

Fonte: Globo, www.globo.com