Acusado da morte de jovem em santuário foi colocado em liberdade após decisão judicial

Segundo Elzite, algumas pessoas citaram que podem fazer algo contra o Bruno, o que pode agravar ainda mais a situação.

O autor confesso do assassinato de Talia Cristina de Araújo dos Anjos, encontrada morta no Santuário Mães dos Pobres por volta das 09h de quarta-feira (03/07/13), no Bairro Morros da Mariana, Ilha Grande do Piauí, está solto após decisão judicial. Bruno Oliveira, de 18 anos, estava recluso no Centro Educacional Masculino (CEM) em Teresina, e foi posto em liberdade na última quinta-feira (08/01), de onde retornou para sua cidade.

Por conta da comoção que gerou o crime, parte da população está revoltada com a liberdade do jovem. A mãe de Talia, a senhora Elzite dos Anjos, disse que tem recebido muitas visitas de pessoas que discordam da soltura do jovem e declarou que chora todos os dias, enquanto lamenta os rumos tomados pela justiça. Segundo Elzite, algumas pessoas citaram que podem fazer algo contra o Bruno, o que pode agravar ainda mais a situação.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Proparnaiba