Acusado de abusar de três enteadas é condenado a 94 anos de prisão

Segundo a polícia, crianças eram abusadas há quatro anos

A Justiça condenou um homem a 94 anos e seis meses de prisão por abusar sexualmente de três enteadas em Itatiba (SP). O caso foi denunciado à Polícia Civil em janeiro deste ano por uma das vítimas, uma adolescente de 14 anos, com a ajuda de um pastor evangélico.

Segundo a menor, Alexandre Rodrigues Cassino, de 32 anos, estuprava ela e as irmãs, de 7 e 12 anos, na ausência da mãe.

Segundo relatos da jovem à polícia, as três menores, moradoras do bairro Clube de Campo, estavam sofrendo abusos sexuais há mais de quatro anos e eram ameaçadas pelo padrasto.

Os estupros eram cometidos quando a mãe saía para trabalhar ou estava dormindo. A mãe foi chamada na época para prestar depoimento e negou saber dos abusos.

Image title

Fonte: Com informações do G1