Acusado de assassinar mulher e próprio filho presta depoimento

Acusado de assassinar mulher e próprio filho presta depoimento

Ele segue internado, em estado regular, no hospital de pronto socorro de Porto Alegre, sem previsão de alta.

Nesta quarta-feira (1º), a partir das 11h, a Polícia Civil interroga o homem suspeito de matar a mulher, de 39 anos e o filho, de cinco, na 1ª Delegacia de Homicídios e Desaparecidos de Porto Alegre. Ele já teve a prisão preventiva decretada pela justiça e deve ser levado do hospital direto para a cadeia.

Ele segue internado, em estado regular, no hospital de pronto socorro de Porto Alegre, sem previsão de alta. O homem já foi indiciado por duplo homicídio qualificado por motivo fútil e por não ter dado chance de defesa às vítimas. Ele pode pegar até 60 anos de prisão pelas duas mortes.

De acordo com a Polícia Militar, as vítimas foram mortas a facadas e estavam em quartos separados. A mulher teria sido assassinada primeiro e ainda tentou fugir da agressão. Já o menino teria sido assassinado enquanto dormia.

Segundo o delegado Cleber Lima, ele estaria revoltado depois de ter descoberto uma traição da mulher.

? Ele conseguiu descobrir, por meio de software de informática, que ela estava mantendo relacionamento com uma outra pessoa. Isso foi o estopim para essa tragédia.

Fonte: R7, www.r7.com