Acusado de esfaquear a ex se apresenta à polícia com advogado

Acusado de esfaquear a ex se apresenta à polícia com advogado

O pedido de prisão temporária de Pierre foi feito na sexta-feira

Pierre Alexandre Inácio da Silva, de 40 anos, que é acusado de ter esfaqueado a ex-namorada Alessandra Alcântara Isaac, de 21 anos, na última sexta-feira, na Tijuca, se apresentou à polícia. Na manhã deste sábado, acompanhado de um advogado, Pierre deu entrada na 19ª DP (Tijuca), onde deve prestar depoimento. De acordo com o delegado titular, Roberto Gomes Nunes, o pedido de prisão temporária de Pierre foi feito na sexta-feira e agentes tentaram encontrá-lo em diversos endereços, mas não obtiveram sucesso.

Em depoimento, Pierre afirmou que namorava Alessandra há cerca de três meses e que recentemente ela decidiu acabar o relacionamento. Ele tentava entrar em contato com a jovem para retomar o namoro. De acordo com Pierre, o crime não foi premeditado: ele afirma que estava com a faca pois iria levar o objeto para amolar.

Ao encontrar Alessandra no shopping, ela teria xingado Pierre, que é lutador de MMA, de idiota. Foi então que ele tirou a faca da bolsa e agrediu. O homem admitiu já ter tido outras discussões com Alessandra, mas afirma que nunca havia partido para a agressão. Ele disse, também, que mandava mensagens para o celular da jovem, mas que nenhuma era ameaçadora.

Não é, no entanto, o que dizem os depoimentos das amigas e das colegas de trabalho de Alessandra. Segundo elas, ele ligava para a jovem com muita frequência e enviava mensagens ameaçadoras. Uma delas teria sido enviada na véspera do crime.

De acordo com o delegado titular da 19ª DP (Tijuca), Roberto Gomes Nunes, o crime foi premeditado. Para ele, Pierre estaria com a faca com a intenção de agredir a menina, já que ela era frágil e ele tem porte de lutador. Ele foi indiciado por tentativa de homicídio qualificado, com pena máxima de 30 anos.

A chefe da polícia civil, Martha Rocha, que estava na delegacia no momento em que Pierre se entregou, disse que os crimes de violência contra a mulher estão tendo mais visibilidade.

? Uma punição rápida dos agressores é a forma de dar uma resposta a esse tipo de crime contra as mulheres ? afirmou.

Entenda o caso

Por volta das 9h40m desta sexta-feira a vendedora Alessandra estava na porta do Shopping Tijuca, aguardando a abertura do estabelecimento, quando levou seis facadas pelas costas. Antes de desmaiar, a vítima conseguiu contar aos PMs que tratava-se de seu ex-namorado. Segundo a polícia, Pierre não se conformava com o fim do relacionamento. Ele deixou cair uma mochila no local do crime com documentos pessoais e um certificado de conclusão em um curso de lutas.

Fonte: Extra