Acusado de furtar celular e usar drogas, atleta é dispensado

Acusado de furtar celular e usar drogas, atleta é dispensado

Valdiram já foi detido por três vezes por tentativa de estupro

Valdiram mais uma vez protagonizou um episódio no qual foi derrotado pela dependência química. Jogador do Vasco nas temporadas de 2006 e 2007, o atacante foi dispensado na quinta-feira pelo Comercial-AL, após ter roubado um celular e ir para uma região de boca de fumo, de acordo com os dirigentes do clube de Viçosa:

"Ele estava em um estado de terror. Onde o encontraram havia muitas latas usadas para consumir drogas, além de cachimbo e vela. Ligamos para o pai do Valdiram, que foi lá buscá-lo, que nem sabia onde estava", afirmou o presidente do Comercial, Flavius Flaubert, ao site TNH1.

De acordo com Flaubert, Valdiram chegou ao Comercial como exemplo de superação. Mas, aos poucos, mudou de comportamento: "ele teve uma recaída. Voltou a beber, usar drogas e até roubou. Os problemas voltaram e tivemos que dispensá-lo. Ele chegou a roubar um Iphone de um jogador nosso e vendeu por R$ 50. É uma pena, mas isso é uma doença".

Valdiram já foi detido por três vezes por tentativa de estupro - uma delas em Portugal, em 2004, no qual teria tentado esfaquear um homem, segundo o diário português Record. Após ser artilheiro do Vasco na Copa do Brasil de 2006 (ano do vice-campeonato para o Flamengo), o atacante foi dispensado no ano seguinte pelo técnico Renato Gaúcho, por chegar embrigadado ao treino. Em seguida, perambulou por clubes do Nordeste e por Bonsucesso e Bangu, sem se firmar.

Fonte: Terra, www.terra.com.br