Acusado de homicídio é absolvido no MA

A defesa alegou ter sido a morte de Maurício um acidente

A última sessão de 2008 do Tribunal do Júri da comarca de Tuntum, no dia 28 de novembro, absolveu o réu Giliard Lucena de Sousa, acusado do homicídio de Maurício Gomes da Silva. O crime aconteceu em março de 2007, por votas das 16 horas, no lugar conhecido como “Passagem do Pau Torcido”.


A defesa alegou ter sido a morte de Maurício um acidente De acordo com o processo, vítima e acusado brincavam de luta corporal, quando Giliard teria aplicado o golpe conhecido como “gravata” em Maurício, enforcando-o. Ainda de acordo com o processo, vítima e acusado tinham problemas pessoais anteriores.


O réu alegou que havia ingerido bebida alcoólica na ocasião e que após o crime, ao verificar que a vítima não mais se mexia, abandonou o local, indo em direção a residências próximas. Preso em flagrante após o homicídio, Giliard fugiu várias vezes da delegacia, sendo recapturado em todas.


O júri foi presidido pelo titular da comarca, o juiz Rogério Monteles da Costa. Atuou na acusação o Promotor de Justiça Antônio de Pádua Luz, titular da Promotoria de Justiça de Tuntum. Na defesa do réu, o defensor dativo nomeado Af Ali Ariston Moreira Lima da Costa. Segundo informação da Secretaria Judicial, esse era o único processo de réu preso pronto para julgamento que ainda aguardava inclusão em pauta de julgamento.

Fonte: Imirante