Acusado de inserir agulhas em enteado é recapturado

Polícia ainda procura por outros dois presos que fugiram com ele.

A polícia recapturou, na noite de quarta-feira (3), um dos acusados de inserir agulhas em um menino de 2 anos em dezembro de 2009, o ex-padrasto da criança. Segundo a Polícia Civil, ele havia fugido da Delegacia de Ibotirama (BA), onde estava preso, na madrugada de domingo (31).

O acusado foi encontrado, segundo a polícia, na casa de um parente. Ele foi levado à delegacia de Bom Jesus da Lapa (BA).

Ainda de acordo com a polícia, o ex-padrasto escapou da delegacia junto com outros dois presos. Eles serraram duas grades e saíram pela porta da frente da delegacia. Os outros dois presos permanecem foragidos.

Em janeiro deste ano, o Ministério Público denunciou o ex-padrasto da criança e a amante dele por tentativa de homicídio qualificado do garoto. Em março, a Justiça concedeu liberdade provisória à amante.

Dores na barriga

O menino foi levado a uma unidade de saúde de Ibotirama em dezembro do ano passado depois de reclamar de dores na barriga. Um exame mostrou que ele tinha várias agulhas espalhadas pelo corpo. A vítima foi internada em Salvador, onde passou por três cirurgias, mas alguns fragmentos metálicos permanecem no corpo da criança.

Fonte: g1, www.g1.com.br