Vereador do PSDB é preso no Distrito Federal acusado de liderar uma greve

A prisão havia sido pedida pelo Ministério Público Federal (MPF)

O vereador Marco Prisco, do PSDB de Salvador, está preso em Brasília. As informações são do Jornal da Globo. O político é acusado de comandar a greve dos policiais militares na Bahia esta semana. A prisão havia sido pedida pelo Ministério Público Federal (MPF), que acusa o tucano de crimes que teriam sido praticados em outra greve, em 2012.

Levado por um avião da Polícia Federal, Marco Prisco desembarcou no início da noite desta sexta. Ele foi levado para o presídio da Papuda onde vai ficar sob custódia da PF.

Greve

Na quinta-feira, policiais militares grevistas aceitaram a proposta do governo da Bahia e decidiram encerrar a paralisação que teve início no dia 15 de abril. A decisão foi tomada em assembleia da categoria em Salvador.

Os policiais e bombeiros militares decidiram entrar em greve por tempo indeterminado em assembleia realizada na terça-feira. Cinco mil homens das Forças Armadas foram designados para reforçar a segurança pública na Bahia e começaram a chegar a Salvador por volta do meio dia de quarta-feira. A medida foi tomada pela presidente Dilma Rousseff, atendendo a uma solicitação do governador Jaques Wagner.

Fonte: Terra