Acusado de matar Emídio Reis está preso no Corpo de Bombeiros

Acusado de matar Emídio Reis está preso no Corpo de Bombeiros

Advogado defende o fato de preso estar em cela especial mesmo sem ter ainda comprovado ser portador de curso superior.

O acusado de participar da morte do ex vereador de São Julião, Emídio Reis, apesar de não possuir curso superior está preso em uma cela especial no Corpo de Bombeiros, no centro de Teresina. Uma fita de segurança delimita a movimentação no local. Fazem a segurança do encanador Joaquim Pereira, acusado de ser um dos autores do assassinado do ex vereador, dois policiais apenas, um militar e um policial civil.

O acusado, Joaquim Pereira está preso no Corpo de Bombeiros da Capital por solicitação da Polícia Civil do Estado. O delegado Menandro Pedro esteve hoje no Corpo de Bombeiros visitando o Comandante Geral. O objetivo é de restringir as visitas. Nesta manhã de segunda-feira o preso recebeu a visita de parentes e do advogado dele.


Acusado de matar Emídio Reis está preso no Corpo de Bombeiros

?A questão da família é mais para saber como ele estava, a questão de onde ele estava, porque ele estava meio depressivo. A princípio a família estava preocupada com a saúde dele. Mas já se tranquilizou, a família já viu a situação, que ele está em segurança?, explica o advogado contratado pela família, Alan Barbosa.

O profissional que defende o acusado explicou ainda o fato dele está em uma cela especial mesmo sem ter ainda comprovado que é portador de diploma de curso superior.

?A família ficou de trazer a documentação dele agora. Eles chegaram hoje e ficaram de me mostrar esses documentos para que eu tome as devidas providências. Mas acredito que o fato dele está aqui é também por causa de uma questão de estratégia e de logística para a polícia e pela questão da falta de espaço que há nos outros locais para comportar todos os presos?, finaliza o advogado.

Fonte: Marcilany Rodrigues