Acusado de matar garoto de 8 anos com tiro é sentenciado em Picos

A leitura da sentença transcorreu normalmente, sem alteração.

Após 17 horas de julgamento, a juíza da 5ª Vara Criminal, Nilcimar Rodrigues, expediu, por volta das 02h30 desta sexta-feira (08), a sentença do réu Martim Borges da Silva, acusado de ter assassinado com um tiro acidental o garoto Isaac José Luz de Sousa, um garoto de 8 anos, morto no dia 03 de março de 2014, no bairro Pedrinhas.

Martim Borges recebeu a pena de 14 anos e 8 meses por homicídio simples com dolo, omissão de socorro e porte ilegal de arma.

A defesa do acusado, representada pelo advogado André Lage, de Araripina-PE, disse ser esta uma sentença justa, onde não se omitiu o crime cometido, mas também não tratou com injustiça, ao impetrar uma pena fora do que seria justo.

André Lage disse ainda que a defesa não recorrerá à Justiça para revogação e revisão de pena.

“Esta foi uma pena bastante justa. Nós não iremos recorrer da sentença porque acreditamos que a pena não excedeu o necessário para o crime”, disse ele.

Ao final da leitura da sentença pela juíza Nilcimar Rodrigues, o réu agradeceu a pena e disse estar satisfeito com a mesma. “Estava aqui para receber o que Deus quisesse me dar. Ele me deu essa, mas se tivesse me dado os 20 anos eu também acharia justo”, declarou.

A leitura da sentença transcorreu normalmente, sem alteração de nenhuma das partes.


Julgamento de Martim Borges da Silva (Crédito: A Grade Picos )
Julgamento de Martim Borges da Silva (Crédito: A Grade Picos )
Julgamento de Martim Borges da Silva (Crédito: A Grade Picos )
Julgamento de Martim Borges da Silva (Crédito: A Grade Picos )
Fonte: Com informações da AGrandePicos