Acusado de matar menina deixou corpo em geladeira por 3 dias no Rio

Ele era amigo da família e imagens mostram ele com a criança

A Delegacia de Descoberta de Paradeiros já está com um dos laudos sobre o assassinato da menina Ana Carolina, de 6 anos, que morreu depois de ser levada por um vizinho, no Rio de Janeiro. O laudo comprovou que Alfredo dos Santos de Oliveira, de 53 anos, manteve o corpo da menina em uma geladeira, na obra onde ele trabalhava, por três dias. A polícia encontrou manchas de sangue no local.

Agentes da delegacia também conseguiram novas imagens que ajudam a esclarecer a dinâmica do crime. Em uma dessas imagens, Alfredo aparece andando de mãos dadas com a menina. Ele era amigo da família e, por isso, não teve dificuldades para chegar até a criança.

Em outras imagens é possível ver Alfredo andando pela rua com um carrinho de feira fechado, indo em direção a obra que ele trabalhava. Depois, ele passa novamente pela rua, mas arrastando o carrinho com um saco preto dentro, já com o corpo da criança. Ele escondeu o corpo da menina em um buraco na Avenida Pastor Martin Luther King.

A polícia disse que Alfredo matou Ana Carolina no mesmo dia do sequestro. Inicialmente, a polícia disse que ele matou a criança com uma pancada na cabeça, mas exames complementarem é que vão definir se a criança também foi vítima de outro tipo de violência. Ele vai responder por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do G1