Acusado de matar passageiro em ônibus se entrega e confessa o crime

Estivador de 42 anos reagiu e acabou sendo morto dentro do ônibus.

Um jovem identificado como Afonso Henrique Gaspar da Silva, de 20 anos de idade, se entregou na Delegacia de Homicídios de Teresina, na manhã desta sexta-feira, dia 19 de agosto. Durante depoimento, confessou ter participado do assassinado o estivador José Rodrigues dos Santos, de 42 anos, morto após reagir a assalto dentro de um ônibus na zona Sul de Teresina, no último dia 12.

De acordo com informações da Delegacia de Homicídios, que investiga o crime, Afonso Henrique foi o responsável pelo disparo que vitimou José Rodrigues que, reagiu a ação. A arma usada no crime, um revólver calibre 38, foi vendida logo depois do ocorrido, segundo informou o acusado. 

Mais duas pessoas, ainda não identificadas, estão sendo investigadas acusadas de  participar da ação criminosa. 

Afonso Henrique Gaspar da Silva (Crédito: Divulgação)
Afonso Henrique Gaspar da Silva (Crédito: Divulgação)


Polícia prende 1ª acusado

Na segunda, dia 15, o ex-detento em liberdade condicional Dhenisson Wellington de Sousa Silva, de 21 anos, foi preso acusado de praticar o crime.

O cabo Cheivan, da Companhia Independente do Promorar da Polícia Militar, afirmou que os policiais identificaram onde estava Dhenisson Wellington de Sousa Silva através do rastreamento já que ele usa tornozeleira eletrônica por estar pagando pela, em liberdade condicional, pelo crime de porte ilegal de arma.

O rastreamento eletrônico localizou Dhenisson Wellington de Sousa Silva na casa de sua avó, na Vila Clemente Fortes, na zona Sul, onde estava escondido desde o dia do crime. 

Dhenisson Wellington  não confessou o crime e o cabo Cheivan acredita que o preso não assinou a confissão do assassinato com medo de também ser assassinado pelos outros envolvidos no crime.

Dhenisson Wellington de Sousa Silva
Dhenisson Wellington de Sousa Silva

O assalto

Dois rapazes entraram no ônibus da empresa Transcol, que faz  linha para a Vila Irmã Dulce, na zona Sul, e anunciaram o assalto e o estivador José Francisco Rodrigues reagiu o assalto com uma chave de fenda e acabou sendo assassinado a tiros. 

Estivador foi morto apos reagie a assalto dentro do coletivo (Crédito: Efrém Ribeiro)
Estivador foi morto após reagir a assalto dentro do coletivo (Crédito: Efrém Ribeiro)



Fonte: Portal Meio Norte