Acusado de assaltar igreja havia sido demitido pelo próprio padre em janeiro

Preso José Carlos do Nascimento por roubar igreja

José Carlos do Nascimento, 46 anos, preso no domingo acusado de participar do roubo a Igreja Nossa Senhora da Penha, na Zona Norte do Rio, planejou o crime para se vingar do padre Serafim Fernandes, que o demitiu há quatro meses. A informação foi passada ao delegado da 22ª DP (Penha), Reginaldo da Silva, por testemunhas que trabalham no local. José Carlos era vigia da igreja até março e havia ido ao santuário diversas vezes nos últimos meses para cobrar direitos trabalhistas do padre.


Acusado de roubar igreja da Penha havia sido demitido pelo padre em janeiro

Segundo seguranças da igreja, José Carlos estava armado com um revólver e afirmou no portão: "Vim aqui para acertar contas". O assaltante, que estava acompanhado de mais duas pessoas encapuzadas, não arrombou nenhum portão e sabia onde ficavam as chaves que davam acesso aos cofres.

Contra José Carlos havia quatro mandados de prisão. Ele já havia cumprido 15 dos 30 anos e seis meses a que já havia sido condenado por crimes de sequestro, cárcere privado e roubo qualificado. Foram roubados R$ 10 mil do cofre, R$ 1.800 do padre e R$ 200 da administração da igreja, o cálice usado nas missas e uma medalha.

Fonte: Extra