Acusado de roubo de gado é assassinado com vários tiros no meio da rua em Fortaleza

A morte foi ocasionada por um acerto entre integrantes de uma quadrilha de ladrões

Subiu para 89 o número de assassinatos este mês, na Grande Fortaleza (Capital e Região Metropolitana). Por volta das 6h12 de ontem, um homem identificado como Antônio Carlos Bezerra da Silva, 36, foi executado com vários tiros, no peito, disparado por dois homens. O crime ocorreu na Rua Oscar Araripe esquina com a Travessa Cabo João, no distrito da Pavuna, em Pacatuba (a 32Km de Fortaleza).

A Polícia suspeita de um crime de vingança ou ´acerto de contas´ e descobriu que a vítima estava sendo acusada de envolvimento no roubo de gado naquela região da Zona Metropolitana, daí a hipótese de um ´acerto´ entre integrantes de uma quadrilha de ladrões.

Ameaçado

Policiais da 3ª Companhia do 6º BPM (Maracanaú) compareceram ao local do crime e receberam informações de que o homem assassinado vinha recebendo ameaças de morte. ´No domingo, dois homens tentaram matá-lo e só desistiram porque ele estava com o filho nos braços. Se não fosse a presença da criança, ele tinha sido executado?, contou um parente de Antônio Carlos. ?Os moradores disseram que ouviram os estampidos e quando saíram de casa encontraram o corpo dele?, disse um dos policiais militares acionados para o local do homicídio.

Outro crime com características de ´acerto´ ocorreu no dia anterior, no bairro Bela Vista, quando o adolescente Luiz Gustavo Silva de Souza, 17, usuário de drogas, foi fuzilado na porta de casa, na Rua Tim Maia.

Desde o começo do ano, já foram registrados 289 homicídios na Grande Fortaleza, a maioria deles ligadas ao tráfico de drogas e ´acertos´ entre bandidos. Nas estatísticas estão incluídos também os crimes passionais, latrocínios (roubo seguido de morte), óbitos causados por balas perdida, em brigas de gangues ou de torcidas e, ainda, os assassinatos provocados por desentendimentos familiares ou gerados por discussões banais. O Diário do Nordeste acompanha, diariamente, os registros dos homicídios na Grande Fortaleza.

Assaltos

Uma tentativa de assalto por pouco não termina em tragédia, no começo da manhã de ontem, na Travessa Carvalho Júnior próximo à Via Expressa, no Aerolândia. Bandidos tentaram parar à força um veículo para assaltar o motorista. O guiador, porém, empreendeu fuga e perdeu o controle do automóvel, atingindo a fachada de uma residência.

Na Avenida da Abolição, um homem saltou de um carro quando era levado por bandidos e ficou ferido.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br