Acusados de degolar jovem por dívida podem ir a júri popular

Para a promotora do caso, Daniela Hashimoto, o processo tem elementos suficientes para provar que os três tiveram participação na morte.

A Justiça deve decidir no começo de 2013 se os três acusados do assassinato da estudante universitária Lore Santana Vaz, de 26 anos, vão a júri popular. A jovem foi encontrada degolada dentro do carro dela, em 13 de setembro deste ano. O ex-marido da estudante e suposto mandante do crime, Allan dos Santos Peçanha, além de Robert Pirovani Gama e Raimundo Bezerra estão presos preventivamente por decisão da juíza Milena Dias.



Para a promotora do caso, Daniela Hashimoto, o processo tem elementos suficientes para provar que os três tiveram participação na morte da estudante.

? Eles já foram denunciados à Justiça e serão citados, quando tomarão ciência, formalmente, de todos os crimes que são acusados, e vão ter um prazo de dez dias para apresentar a defesa e arrolar testemunhas. Em seguida, a juíza analisa o caso e marca a audiência de instrução.

A promotoria acredita que essa audiência deva acontecer nos primeiros meses de 2013. Nela, as testemunhas e também os acusados serão ouvidos. Somente depois dessa fase de instrução é que a juíza Milena Dias ? a mesma que atuou no processo da morte de Eloá Pimentel ? vai decidir se os três vão a júri popular.

Allan dos Santos Peçanha, de 27 anos, é o acusado de ter contratado os assassinos de Lore. Na versão da acusação, Lore cobrava de forma insistente dinheiro que o ex-marido devia a ela. Isso teria motivado o homicídio.

Raimundo Nonato Bezerra, de 32 anos, e Robert Pirovani Gama, de 21, teriam, segundo a promotoria, recebido R$ 1.000 cada um para cometer o crime. A defesa de Allan diz que o valor foi pago somente para dar um susto na estudante.

Na reconstituição da morte de Lore, Raimundo e Robert trocaram acusações sobre qual dos dois degolou a estudante. Para Daniela Hashimoto, o fato não muda as acusações.

? Ambos estavam armados com facas. Independente de qual dos dois, efetivamente, passou a faca no pescoço dela, eles responderão pelo homicídio.

Fonte: R7, www.r7.com