Adolescente de 14 anos morre após ser estuprada e esfaqueada em SP

Garota havia saído de casa para dar um passeio

Ana Clara Silva Santos, de 14 anos morreu depois de ser golpeada no pescoço no interior de São Paulo. A vítima, que havia sido estuprada, foi encontrada em uma mata ainda viva, mas não resistiu ao ferimento.

A adolescente estava dormindo quando foi chamada no portão. A mãe da menina ouviu, foi até o quarto e acordou a filha, que saiu para atender a pessoa. Logo em seguida, Ana voltou para dentro de da casa e disse para a mãe que iria dar um passeio. Na volta, ela buscaria o irmão mais novo na escola.

Pouco tempo depois, a mãe da jovem foi chamada pelos vizinhos e ficou sabendo que a filha havia sido golpeada com uma faca no pescoço e estuprada. A garota foi socorrida em estado grave, chegou a ficar internada na Santa Casa da cidade, mas não resistiu ao ferimento.

Ana morava em uma casa a aproximadamente 70 metros da mata onde foi encontrada. Para chegar ao local, ela atravessou três cercas. No mato, foi deixado o chinelo de Ana. A área é conhecida pelos moradores mais antigos e fica na divisa dos municípios de Araçatuba e Birigui.

A adolescente tinha um filho de sete meses, que está com o pai. A polícia não quer divulgar informações do caso para não atrapalhar as investigações.


Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7