Adolescente é executado a tiros após caçoar de vizinho

A primeira grande briga entre eles foi durante um jogo de futebol

Um adolescente de 17 anos foi assassinado após sorrir de um rapaz na cidade de Hortolândia, no interior de São Paulo. Ele deu risada, junto com um grupo de amigos, do filho do suspeito, que havia caído de moto no meio da rua. 

Wellington Patrick da Silva Nascimento estava a caminho de uma lanchonete com dois amigos, quando foi executado com quatro tiros numa praça da cidade. O jovem era pai de uma criança de apenas oito meses.

Testemunhas afirmam que o assassino é um vizinho com quem Patrick não tinha um bom relacionamento. Era grande o histórico de brigas entre o adolescente e o filho do suspeito.

Adolescente é executado a tiros após caçoar de vizinho (Crédito: Reprodução)
Adolescente é executado a tiros após caçoar de vizinho (Crédito: Reprodução)


A primeira grande briga entre o filho do suspeito e Patrick aconteceu num campo de futebol. O garoto era o dono da bola e queria terminar a brincadeira. Já Patrick, queria continuar o jogo, na discussão, Patrick deu um soco na boca do rapaz. Ao longo de meses, foram várias as brigas entre os dois.

Adolescente é executado a tiros após caçoar de vizinho (Crédito: Reprodução)
Adolescente é executado a tiros após caçoar de vizinho (Crédito: Reprodução)


No dia do crime, Patrick e os dois amigos estavam na praça, quando o filho do suspeito caiu de moto e virou alvo do grupo, que começou a caçoar dele. O rapaz, então, teria ameaçado Patrick de morte.

Pouco tempo depois, o adolescente foi assassinado pelo pai do rapaz. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. 

A polícia investiga o caso e o suspeito ainda está foragido.

Fonte: Com informações do R7