Adolescente é morta a facada por causa de cheiro de um perfume

Adolescente é morta a facada por causa de cheiro de um perfume

Uma amiga dessa aluna, que não frequenta a escola, esperava Luana na saída da aula e a agrediu.

A adolescente Luana Vieira Gregório, de 15 anos, foi morta a facadas em frente à escola estadual José Ferreira Barbosa na Vila Bourdon, em Campo Grande (MS), na última quarta-feira (11). Segundo a polícia, o motivo do crime seria que Luana passou perfume dentro da sala de aula, o que irritou outra estudante, de 16 anos. Uma amiga dessa aluna, que não frequenta a escola, esperava Luana na saída da aula e a agrediu.

Luana foi atingida com socos e facadas na região do fígado. Uma amiga tentou ajudá-la e também ficou ferida. Segundo a polícia, cerca de 20 pessoas se envolveram na confusão e tentaram separar a briga. A suspeita de ter desferido a facada, que é maior de idade, e a outra adolescente, que começou a confusão na escola, fugiram durante o tumulto. Luana foi levada a um posto de saúde e depois transferida para a Santa Casa de Campo Grande, mas não resistiu aos ferimentos.

A adolescente deixou um filho ainda bebê. A família informou que foi avisada em seguida ao crime e que quando chegou ao hospital ela já estava morta. Os parentes reclamaram ainda que a região é bastante violenta e que ocorrem brigas constantes no colégio.

A amiga de Luana recebeu atendimento médico e passa bem. A polícia faz buscas na região para tentar localizar as duas suspeitas da morte.

O corpo de Luana deve ser sepultado nesta quinta-feira (12). Um vídeo gravado momentos após a briga deve ajudar a polícia a investigar o caso.

Fonte: r7