Adolescente é morta após paquerar morador de favela rival

Os envolvidos no crime marcaram um encontro com a vítima


Image title

A jovem Kétila Amâncio da Silva, de 15 anos, foi morta a pedradas e facadas no Espírito Santo. O suspeito do crime Bruno Gomes Ferreira, de 18 anos, foi preso e confessou que matou a garota porque ela teria se envolvido com um membro de uma favela rival e passaria informações sobre o tráfico de drogas no local.

Dois adultos e dois adolescentes envolvidos no crime marcaram um encontro com a vítima em uma praça, onde ela foi brutalmente assassinada.

Fonte: Com informações do R7