Adolescente é morto ao sair de show do Exalta Samba

Ninguém soube dizer à polícia o que realmente aconteceu

A Polícia Civil de Piracicaba instaurou inquérito para apurar a morte de Wilker de Carvalho Silva, 18, assassinado segunda-feira (13/12) de madrugada com dois tiros, depois que saiu do show de pagode do grupo Exalta Samba, no Piracicamirim. O ajudante foi atingido por dois disparos ? um no ombro e que transfixou e outro que perfurou pulmão e coração.

Ninguém soube dizer à polícia o que realmente aconteceu. As informações de algumas testemunhas foram de que o rapaz foi assaltado ao sair do show, sendo que o suposto ladrão levou sua corrente. Colegas de Carvalho contaram na delegacia que ele estava na avenida Professor Alberto Vollet Sachs, à 1h45 da madrugada, quando alguém começou a atirar e houve correria. Ninguém sabia de onde partiam os disparos.

Carvalho foi sepultado na tarde de segunda, no cemitério Parque da Ressurreição. O delegado João Batista Vieira de Camargo disse que deverá ouvir algumas pessoas nesta terça-feira. ?Vamos apurar para tentar descobrir quem matou o rapaz?. Segundo a polícia, Wilker Carvalho nunca teve passagens criminais.

Fonte: UOL