Adolescente gravida é baleada e morre, PM tambem é atingido.

Gravida morta em tiroteio

Morre adolescente grávida baleada em tiroteio no Rio

Publicidade

da Folha Online

Uma adolescente de 14 anos, que estava grávida, morreu por volta das 15h de hoje após ser baleada durante um tiroteio na madrugada deste sábado na rua João Ribeiro, no bairro Pilares, na zona norte do Rio. De acordo com a Polícia Militar do Rio, Marta Cristina da Silva estava grávida de quatro meses e foi atingida por um tiro na barriga.

Ela estava internada no hospital Salgado Filho, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Mais cedo, a PM já havia confirmado que a garota tinha perdido o bebê devido aos ferimentos.

Durante a troca de tiros, o segundo-sargento do 3º BPM (Méier), Roosevelt Vale da Silva, também foi baleado e morreu. Segundo a PM, Silva e outros policiais militares foram ao local por volta das 5h, após receberem uma denúncia anônima de que bandidos tentavam roubar um carro na região. Ao chegar ao local, foram recebidos a tiros pelos criminosos.

O sargento --que fazia parte do Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais)-- foi socorrido e levado para o hospital Salgado Filho, mas não resistiu aos ferimentos.

Até a tarde de hoje, ninguém havia sido preso. O caso foi registrado na 25ª DP (Rocha).

Outro caso

O sargento da Polícia Militar Manoel Coutinho Filho, também morreu na manhã de hoje após ser baleado. Ele foi atingido por disparos de arma de fogo --nas costas e na perna-- durante outro tiroteio na madrugada deste sábado no bairro de Catumbi, no Rio.

Filho foi baleado quando verificava uma denúncia de tentativa de roubo. Ele chegou a ser socorrido ao Hospital Central da Polícia Militar, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. De acordo com a PM, os policiais que acompanhavam o sargento foram recebidos a tiros quando chegaram a rua Itapiru por volta das 6h deste sábado.

Os criminosos fugiram do local. O caso foi registrado na 6ª DP (Catumbi

Fonte: AE/G1