Adolescente que fugiu do CEM é acusado de cinco homicídios

Ele e mais cinco fugiram às 2h30 na madrugada desta sexta, dia 23.

Seis internos do Centro Educacional Masculino (CEM), no bairro Itaperu, localizado na zona Norte de Teresina, fugiram às 2h30 na madrugada desta sexta-feira, dia 23. Os  infratores que fugiram foram condenados a medidas socioeducativas pelos crimes de assaltos, homicídios e latrocínios (roubo seguido de morte).

Entre os os internos que fugiram, está o “Catita”, do bairro Irmã Dulce, zona Sul da cidade. Ele é acusado de cometer pelo menos cinco homicídios. 

O coordenador das Unidades Socioeducativas da Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (SASC), Ancelmo Portela, afirmou que os seis internos serraram a grade do pavilhão onde estavam e tiveram acesso ao teto, que ainda é de telhado, e obtiveram êxito com ajuda das casas vizinhas, que são interligadas ao telhado do CEM. 

De acordo com Ancelmo, os internos fugiram pelo muro do CEM, que é baixo. “Nossa estrutura é falha, é antiga, não é de concreto”, disse Ancelmo.

Em nota, a Sasc informou  que já acionou a polícia e que está monitorando os familiares, caso os menores entrem em contato. 

A Secretaria da Assistência Social e Cidadania (SASC) informa que cinco adolescentes que cumprem medidas Socioeducativas no Centro Educacional Masculino (CEM), conseguiram fugir do local na madrugada desta sexta-feira (23). A diretoria do CEM informa ainda, que já tomou as medidas necessárias junto ao serviço de Inteligência da Polícia Militar e que a mesma, já está em diligencia em busca dos adolescentes foragidos.As famílias desses menores já foram contatadas e estão sendo monitoradas caso os adolescentes entrem em contado. 

Fonte: Portal Meio Norte