Adolescente suspeito de matar namorada se entrega à polícia no Rio

A polícia estuda a possibilidade de exumar o corpo da estudante

O jovem de 16 anos suspeito de assassinar a namorada, a estudante Vitória de Souza Barbosa, de 15 anos, entregou-se à polícia na tarde desta terça-feira na companhia de parentes e advogados. O rapaz apresentou-se na 74ª DP (Alcântara), em São Gonçalo, e confessou o crime, mas alegou que não tinha a intenção de matar a menina. O corpo de Vitória foi encontrado em uma praia de Rio das Ostras, na Região dos Lagos, na tarde do último sábado, quando ela completaria 16 anos. O laudo da necrópsia apontou que ela foi morta por asfixia.

Image title

A polícia estuda a possibilidade de exumar o corpo da estudante Vitória de Souza Barbosa. Após entregar-se às autoridades,  o jovem, de 16 anos, informou que a menina estaria grávida de três semanas, o que teria motivado uma briga entre o casal. Como a necrópsia não apurou a existência de uma gestação, a hipótese da exumação não está descartada.

O adolescente contou que o crime ocorreu após uma discussão do casal. Supostamente grávida de três semanas, ela teria dito ao namorado que se mudaria para a Europa e o impediria de ver a criança. Além disso, na versão do garoto, a menina afirmou que contaria para a família de ambos que ele era usuário de drogas. O jovem aplicou, então, um golpe do tipo "gravata", por cerca de 40 segundos, abandonando Vitória desacordada no local em seguida.

O menor era considerado foragido desde o último domingo, quando foi expedido um mandado de busca e apreensão contra ele. As investigações ficaram a cargo da 123ª DP (Macaé) e, depois, da 128ª DP (Rio das Ostras), que continuará ouvindo testemunhas.


Fonte: Com informações do Jornal Extra