PI: Jovem morta estrangulada não estava grávida e PM muda suspeitos

Não estando grávida, as investigações mudam de suspeitos

Saiu o resultado do exame que elucidaria a suposta gravidez de Talia Cristina Araújo dos Santos, 15 anos, na tarde desta segunda-feira (15). Ela foi encontrada morta com corte profundo no pescoço no início do mês de junho em santuário na Ilha Grande.

A solicitação do resultado do exame foi da delegada Maria de Jesus Pereira Bastos ao medico legista Charles Pítter que resolveu fazer a análise em Parnaíba. O resultado é de que adolescente não estava grávida.

Diante disso, a Polícia Civil começa a descartar possíveis acusados que estavam sendo investigados. Portanto, as investigações seguem com novo rumo, um dos suspeitos passa a ser um político do município de Ilha Grande do Piauí.

Outra fonte de informações imprescindíveis está no laudo da perícia feita no telefone e nos objetos usados pela adolescente no dia do crime, que está sendo realizado em Teresina. Estes dados são aguardados também pela Polícia Militar que investiga o caso.

Fonte: proparnaiba.com