Adriano vai prestar depoimento essa segunda sobre tiro acidental

Esta será a segunda vez que o atacante será ouvido pela polícia.

O jogador Adriano deve depor na tarde desta segunda-feira (26) na 16ª DP (Barra da Tijuca). Segundo o delegado Fernando Reis, o depoimento do jogador deve ajudar a esclarecer alguns pontos sobre o tiro que atingiu a mão de uma estudante dentro do carro de Adriano. "A princípio, a gente vai tomar o depoimento às 18h", disse Reis.


Adriano vai prestar depoimento essa segunda sobre tiro acidental

Esta será a segunda vez que o atacante será ouvido pela polícia. No primeiro depoimento, no sábado (24), o delegado Carlos César, que estava excepcionalmente atuando na 16ª DP, disse que Adriano contou que foi a própria vítima que efetuou, acidentalmente, o disparo.

O caso aconteceu quando o jogador saía de uma boate, na Barra da Tijuca, Zona Oeste, acompanhado de quatro mulheres e um amigo por volta das 5h30 de sábado. Adriano e a vítima já fizeram um exame para detectar a presença de pólvora nas mãos.

"Eu só ouvi o barulho. Eu estava dirigindo o veículo. Eu não vi nada. Só o barulho. A arma estava debaixo do banco e era minha", contou o PM reformado Júlio César Barros, amigo de Adriano que dirigia o veículo.

Fonte: G1