Advogada sofre tentativa de estupro no centro de Teresina

Advogada sofre tentativa de estupro no centro de Teresina

As testemunhas indicam que o crime foi praticado em uma escada que dá acesso ao primeiro andar do prédio.

O caso aconteceu em um condomínio localizado na Rua Coelho Rodrigues. Por lá, várias salas passam por reformas e muitos operários entram e saem sem nenhum controle. A equipe de reportagem da Rede Meio Norte entrou livremente e foi parar em um escritório de advocacia que já estava em funcionamento no prédio.

No final da tarde desta quinta-feira, dia 06 de junho, houve um registro de tentativa de estupro. As testemunhas indicam que o crime foi praticado em uma escada que dá acesso ao primeiro andar do prédio. Os botões da roupa da vítima de tentativa de estupro foram arrancados e ainda se encontram no local, uma prova da violência praticada contra a mulher.

A vítima seria uma advogada de aproximadamente 30 anos de idade, que foi encontrada em uma das escadas desmaiada e com as roupas rasgadas. As mulheres que a encontraram disseram que ela não teve condições psicológicas para falar as características do acusado. O jornalista Pedro Borges conversou pessoalmente com a Delegada da Mulher, Vilma Alves, e ela afirma que a vítima até o momento não prestou queixa.

A assistente administrativa que trabalha no prédio onde aconteceu o crime, Maria de Fátima Oliveira, foi quem primeiro chegou ao local. ?Ela estava caída, com a mão no rosto, a bolsa do lado, o sapato caído. Aí quando o senhor que chamamos levantou ela aí que viu que a blusa dela estava rasgada, desabotoada, o blazer tirado assim do lado, mas eu acredito que ele não tenha conseguido concretizar o ato por que foi muito rápido as pessoas já estavam descendo e logo a socorreram, porque ela caiu?, conta.

Os ocupantes das salas que estão em funcionamento no prédio reclamam da falta de segurança já que o prédio está sem porteiro e sem guarita.

CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA NO VÍDEO:

Fonte: Marcilany Rodrigues