Advogado diz que Macarrão é o mandante da morte de Eliza

Advogado diz que Macarrão é o mandante da morte de Eliza

A mudança de versão seria uma estrategia do advogado que assumiu o caso em novembro do ano passado.

O ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes de Souza, preso há um ano e oito meses acusado pelo desaparecimento e morte da ex-amante Eliza Samudio, deve afirmar à Justiça que ela está morta e que Macarrão, Luiz Henrique Romão - ex-assessor do goleiro - é o mandante do crime, segundo reportagem publicada nesta segunda pelo jornal Folha de S. Paulo.

Em entrevista ao jornal, o advogado de Bruno, Rui Caldas Pimenta, disse ainda que Macarrão agiu à revelia de Bruno. A mudança de versão seria uma estrategia do advogado que assumiu o caso em novembro do ano passado. Ele destaca: "sem corpo não se pode falar em crime (...) ela foi morta mesmo", disse para o periódico.

Para Pimenta, não há no processo nada que incrimine o goleiro. Ele aguarda que o Supremo Tribunal Federal julgue já em abril p pedido de habeas-corpus para que o jogador responda em liberdade. Eliza Samudio, que teve um filho com o goleiro, está desaparecida desde junho de 2010. Além de Bruno, outras sete pessoas estariam envolvidas. Entre elas, um primo adolescente do jogador, que já cumpre medida socioeducativa.

Fonte: Terra