Advogado de Nayara quer R$ 2 milhões

Ele se referia ao fato de Nayara ter voltado ao apartamento de Eloá Cristina Pimentel

Contratado para defender a adolescente Nayara Silva, de 15 anos, o advogado ?ngelo Carbone j? decidiu uma de suas primeiras medidas: processar o estado de S?o Paulo e pedir R$ 2 milh?es de indeniza??o para a fam?lia da jovem que foi ferida com um tiro no rosto no desfecho do seq?estro em Santo Andr?, no ABC, na sexta-feira (17).

?Penso em R$ 2 milh?es para cima. Os pais dela querem justi?a?, afirmou Carbone na manh? desta quarta-feira (22). O advogado se baseou em, segundo ele, ?falhas? que ocorreram durante o caso. ?? um absurdo ela ter voltado (ao cativeiro). Uma loucura. Ela n?o tinha autoriza??o dos pais. Quem fez isso vai ter de responder?, disse Carbone.

Ele se referia ao fato de Nayara ter voltado ao apartamento de Elo? Cristina Pimentel, 15, a amiga que era feita ref?m pelo ex-namorado Lindemberg Alves, 22, desde segunda-feira (13). Nayara tamb?m estava no im?vel, mas havia sido libertada no dia seguinte. No entanto, quis voltar ao local para ajudar nas negocia?es. Carbone culpou a pol?cia por ter deixado que ela tomasse a atitude. ?O estado a colocou em uma situa??o em que quase morreu?.

Na a??o, o advogado pedir? tamb?m que o governo arque com todas as despesas de tratamento psicol?gico e m?dico para Nayara para que ela ?n?o fique mendigando nada?. Ele previu que a menina ?ter? problemas na escola e no trabalho? por causa do trauma sofrido.

Depoimento

Carbone afirmou que pretende levar a adolescente ainda na tarde desta quarta para depor. As declara?es de Nayara s?o consideradas fundamentais no inqu?rito para que se saiba como foram os ?ltimos momentos antes e depois da invas?o do Grupo de A?es T?ticas Especiais (Gate), tropa de elite da PM.

O advogado, que assumiu o caso apenas na ter?a-feira (21), disse que o depoimento deve ser no f?rum de Santo Andr?, na presen?a de um promotor e do delegado do caso. Uma psic?loga acompanhar? tudo. ?N?o vai ter press?o. Ela n?o vai ficar seis horas sofrendo?, afirmou Carbone, que chamou Lindemberg Alves de ?psicopata? e ?assassino frio e calculista?.

Fonte: g1, www.g1.com.br