Advogado é assassinado a tiros ao abrir porteira de fazenda

Os 'suspeitos estavam aguardando [a chegada] dele escondidos'.

Um advogado identificado como Rubens Moreno Rúbio Júnio, de 48 anos, foi assassinado a tiros em Cuiabá. De acordo com informações da Polícia Civil, ele estava na companhia de um sobrinho e foi alvejado ao chegar em uma fazenda. O tenente Paulo Melo relata em detalhes como tudo aconteceu. 

“O sobrinho disse que ele [o advogado] foi abrir a porteira e em seguida ouviu três disparos. De forma desesperada esse sobrinho engatou a ré no carro e foi até o quartel da PM pedir ajuda. Possivelmente os suspeitos estavam aguardando [a chegada] escondidos no mato. Ele morreu no local, foram mais de 20 disparos”, afirmou o policial responsável pelo caso.

O sobrinho retornou ao local, mas encontrou o advogado sem vida. Ainda segundo  a polícia, Rubens costumava trabalhar para sem-terra ligados à reforma agrária.

“Sabemos que existem forças policiais mobilizadas na região para tentar achar os criminosos. Mas não temos conhecimentos se ele atuava em Mato Grosso, ele tem registro da OAB em São Paulo”, disse o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB-MT), Leonardo de Campos.

Rubens Moreno Rúbio Júnio
Rubens Moreno Rúbio Júnio



Fonte: Com informações do G1