Advogado que matou ex está foragido

Adriana dos Santos foi assassinada com um tiro no rosto no município de Corrente

O advogado Arnaldo Alves Messias, acusado de matar a ex-namorada Adriana dos Santos com um tiro no rosto, em Corrente, deve se apresentar à polícia nesta sexta-feira (02) com a presença de seu advogado.

O crime aconteceu no dia 8 de setembro e desde então o acusado está foragido. A Força Tarefa Especial está no comando das investigações sobre o assassinato da ex-professora. Além do crime de homicídio, o advogado também é acusado de sonegação fiscal, desvio de recursos e crime de pistolagem.

Após matar a ex-namorada, o professor de Direito tentou suicídio, mas sobreviveu. O prefeito de Cristalândia e primo do acusado, Ariano Messias Paranaguá, é acusado de encobrir a fuga de Arnaldo Messias.

Fonte: Miguel Mendes, TV Meio Norte