Agente penitenciário é morto a tiros no Centro de Fortaleza

O homem entrou em confronto com bandidos

Um agente penitenciário de 46 anos, foi morto, na tarde de ontem, com cinco tiros de pistola, no Centro de Fortaleza. O homem entrou em confronto com bandidos que estavam em um carro roubado, abordando o cliente de um banco. O agente, que ainda chegou a ferir um dos suspeitos, não sobreviveu aos ferimentos e morreu no local.

De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos roubaram uma Mitsubishi Pajero de cor prata na Rua Barão do Rio Branco. Em seguida, decidiram roubar o cliente de uma agência bancária.

Image title

Segundo informações do tenente-coronel Lourival Lima, comandante do 5º BPM (Centro), os suspeitos entraram no banco, que fica no cruzamento das Ruas Major Facundo e Senador Alencar. O agente penitenciário Josileudo Leite Silva, lotado no Hospital e Sanatório Penal Otávio Lobo (HSPOL), ao perceber a vítima sendo abordada, decidiu intervir.

Conforme o delegado titular do 34º DP (Centro), Romério Almeida, testemunhas afirmaram que o homem disse ser policial e teve início um confronto. "O agente encostou e disse 'é polícia, é polícia', e o bandido atirou. A vítima sacou a arma e atirou também", afirmou Almeida.

O agente penitenciário, que estava armado com um revólver de calibre 38, foi atingido por cinco tiros de pistola calibre 380 no tórax. Ele teria, ainda, baleado pelo menos um dos suspeitos. O grupo fugiu na Mitsubishi Pajero, rumo à Avenida Monsenhor Tabosa. O agente caiu ferido na calçada da agência bancária.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) chegou a ir ao local e tentou salvar a vida do agente. Contudo, o homem sequer chegou a ser levado a uma unidade de saúde e morreu no local.

Fonte: Com informações do Diário do Nordeste