Agentes da Irmão Guido participam de curso com profissionais de Brasília

O curso, com duração de 15 dias, é focado na melhoria da tática e administração penitenciária.

A Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus), em parceria com a Secretaria de Justiça do Distrito Federal (Sejus/DF), por meio da Diretoria Penitenciária de Operações Especiais (DPOE), está realizando um curso de qualificação tática para agentes e servidores da Penitenciária Irmão Guido.

O curso, com duração de 15 dias, é focado na melhoria da tática e administração penitenciária. Nove agentes especiais do DPOE de Brasília foram enviados à Irmão Guido para realizarem o aperfeiçoamento físico e mental dos profissionais penitenciários.

O especialista em Administração Penitenciária do DPOE, agente Guilhon, ressalta o objetivo da atividade. “Este curso de qualificação requer treinamento constante, pois só assim os agentes irão desenvolver a capacidade de cumprir com destreza o serviço penitenciário”, afirma.

Dentre as atividades do curso, destacam-se: defesa pessoal, inteligência especial e imobilizações policiais. “Saber como lidar diante de uma situação que exija luta corporal é crucial para todo agente. É importante aprender técnicas e golpes que neutralizem a ação do detento”, diz o agente Guilhon, especialista na área de imobilização policial.

A ideia do curso faz parte do plano de melhorias para o sistema prisional do Piauí implantado no começo do ano pelo secretário estadual de Justiça, Daniel Oliveira.

“Inicialmente, o curso de aperfeiçoamento será para os agentes da Irmão Guido, principal penitenciária de Teresina. Mas a ideia é que outras penitenciárias recebam a iniciativa o quanto antes”, finaliza o secretário Daniel Oliveira.

Fonte: Portal do Governo