Polícia Federal decide encerrar greve de mais de dois meses

Polícia Federal decide encerrar greve de mais de dois meses

Policiais de três cargos da PF estavam parados há mais de dois meses.

Agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal, em greve há mais de dois meses, decidiram, na tarde desta segunda-feira (15), encerrar a paralisação. Cerca de 9 mil policiaisnas 27 unidades da federação estavam parados.

Na última quinta-feira (11) a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) havia orientado os sindicatos locais a terminarem a greve. Nesta segunda, a federação recebeu respostas das assembleias locais. Como a maioria decidiu voltar aos trabalhos, a Fenapef declarou o fim da greve.

Ainda de acordo com a Fenapef, em alguns estados , como Minas, Distrito Federal e São Paulo, os grevistas devem retomar o trabalho ainda nesta segunda.

A Fenapef informou também que orientou os sindicatos estaduais pelo fim da greve por entender que devia mudar a estratégia de negociação com o governo.

Nenhuma das reivindicações do movimento foi atendida pelo governo.Os grevistas da Polícia Federal pedem um plano de reestruturação da carreira dos agentes, escrivães e papiloscopistas. O salário inicial dos três cargos é R$ 7,5 mil, o equivalente a 56,2% da remuneração dos delegados, cujo vencimento inicial é de R$ 13,4 mil. Além disso, querem também melhoria nas condições de trabalho.

Fonte: G1